Arte Corpo e História em Psicoterapia

Seminário

Arte Corpo e História em Psicoterapia, com Marcelo Pakman e Isabel Prado e Castro dia 18 de novembro em Lisboa, na Fábrica Braço de Prata.

O presente seminário teórico prático, será orientado por Isabel Prado e Castro e Marcelo Pakman. Na primeira parte, comentada por Marcelo Pakman, Isabel Prado e Castro abordará a importância  da Mitologia e da produção mítica, ancestral na condição humana, como um instrumento que, no aqui e agora da ação dramática poderá contribuir para a mudança.

Na segunda parte, comentada por Isabel Prado e Castro ,Marcelo Pakman abordará o tema Corpo Presença e Sentido. Na sua visão, o corpo do sentido, entre o corpo material e o corpo como representação, é aquele que se afirma no psicodrama, pelo que não apela primariamente à interpretação, mas sim à exposição da presença e à textura sensual do vivido; uma potencialidade que já não é pura materialidade e não deslizou nem se perdeu em leituras de significados.

Para os Sócios da SPP e estudantes o preço será de 30 € .

O Dr. Marcelo Pakman é psiquiatra comunitário, psicoterapeuta e terapeuta familiar que acompanhou a sua prolongada prática clínica, de base sistémica, com o desenvolvimento e articulações entre a crítica social, a filosofia e a epistemologia, por um lado, e a clínica em saúde mental e em psicoterapia, por outro. Foi membro do conselho editorial de várias revistas profissionais na América do Norte, na América do Sul e na Europa e escreveu múltiplos artigos e capítulos de livros publicados em várias línguas.

Frequentemente, como conferencista e professor convidado, fez seminários em mais de 110 cidades do mundo. É editor em espanhol das obras selecionadas de Heinz von Foerster, (Las semillas de la Cibernética, Editorial Gedisa, Barcelona, 1991). O seu livro Palabras que permanecen, palabras por venir: micropolitica y poética en psicoterapia foi publicado en 2011, e Texturas de la imaginación: Más allá de la ciencia empírica y del giro linguístico,  primeiro volumen da trilogía El espectro y el signo, em  2014, ambos por la Editorial Gedisa de Barcelona.

Na sua prática, como escritor e docente ocupou-se de situações de pobreza, violência e dissonância étnica, das relações entre a clínica e epistemologia das políticas de saúde mental dos últimos anos, da articulação da política com a micropolítica da vida quotidiana e a psicoterapia, assim como dos” eventos poéticos ” transformadores da evolução da terapia, do papel das imagens e da imaginação para a manutenção e emergência desses acontecimentos descontínuos, para configurar uma nova posição crítico- poética da psicoterapia que integra uma permanente busca ética.

Recentemente, participou no seminário “El cuerpo (psico) dramático”  promovido pela Associação Italiana de psicodramatistas  Morenianos.

Dra. Isabel Prado e Castro, Psiquiatra, Psicodramatista didata pela Sociedade Portuguesa de Psicodrama (SPP), Terapeuta Familiar e Supervisora pela Sociedade Portuguesa  de Terapia Familiar (SPTF).

mais informações:  info@sociedadeportuguesapsicodrama.com / seminarioartecorpohistoria@gmail.com

Share